Editora LetraSelvagem

Editora e Livraria Letra Selvagem

Literaura Brasileira

Os melhores escritores do Brasil

Ricardo Guilherme Dicke

Romance, Poesia, Ficção

Deus de Caim

Olga Savary

Nicodemos Sena

Edivaldo de Jesus Teixeira

Marcelo Ariel

Tratado dos Anjos Afogados

LetraSelvagem Letra Selvagem

Santana Pereira

Sant´Ana Pereira

Romance

Nicodemos Sena

Invenção de Onira

A Mulher, o Homem e o Cão

A Noite é dos Pássaros

Anima Animalista - Voz de Bichos Brasileiros

A Espera do Nunca mIas (uma saga amazônica)

O Homem Deserto Sob o Sol

Romancista

Literatura Amazonense

Literatura de Qualidade

Associação Cultural Letra Selvagem

youtube
Destaque Cadastre-se e receba por e-mail (Newsletter) as novidades, lançamentos e eventos da LetraSelvagem.

Obras Selvagens

Fonte maior
Fonte menor
Bandoleiros de Taubaté
Página publicada em: 18/06/2023
Rogerio Guarapiran - R$60,00 (120 pág.)
R$ 60,00
Comprar agora
“Bandoleiros de Taubaté” é a Segunda Parte do drama histórico experimental que se iniciou com “O Peregrino”, contemplado, em 2014, pelo Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (ProAC). Trata do caminho para as Minas Gerais do século XIX ao início do século XX. Caminho do ouro e da escravidão, de reconstituição quase impossível, tantas que foram as camadas de silêncio e desinformação que a classe dominante, composta por gerações e gerações de seus descendentes, colocou sobre o passado encharcado de suor e sangue dos povos submetidos à mais abjeta exploração. (Leia o texto das orelhas)
Imagem
Inclusão histórica
Tive a oportunidade de conhecer, ler e o privilégio de dirigir a primeira leitura do texto Bandoleiros de Taubaté, escrito magistralmente por Rogerio Guarapiran, grande batalhador da dramaturgia brasileira.
O texto recupera na história do país do século XIX um capítulo importante da libertação dos escravos no Brasil. O autor nos presenteia com personagens ricos, potentes e com conflitos definidos, contribuindo de forma primorosa para a investigação e criação de cada ator/atriz na cena.
O texto propõe uma narrativa que, ao mesmo tempo, satiriza e critica nosso bandidismo social, utilizando-se de uma linguagem épica e permitindo soluções cênicas ousadas para possíveis leituras cênicas. Além disso, a dramaturgia permite um olhar minucioso das cenas que se sucedem entre as linguagens da narrativa e do drama. Os relatos históricos que compõem a obra possibilitam essa multiplicidade de encenações.
Bandoleiros de Taubaté nos traz homens e mulheres escravizados, imigrantes pobres do final do século XIX e início do século XX, personificados, não no padrão clássico da dramaturgia, mas repletos de conteúdos que os impulsionam na direção de uma inclusão histórica não oficial, como verdadeiros sujeitos protagonistas da real história da escravidão no país.
A obra merece um olhar cuidadoso de encenadores e produtores culturais, no sentido de transformá-la em um espetáculo vigoroso, que possa cumprir com a grandiosidade dramatúrgica contida no texto, presenteando e agregando valores imprescindíveis ao conhecimento e engrandecimento de nossa cultura.
Com certeza, dada a grandiosidade da dramaturgia, não faltarão possibilidades de tornar realidade a sua encenação, tão necessária ao nosso cenário teatral contemporâneo brasileiro. (CLAUDIO MENDEL - Diretor da Cia Teatro da Cidade e do Centro de Artes Cênicas Walmor Chagas, em São José dos Campos-SP)
 
Adquira este livro AQUI.

Faça seu comentário, dê sua opnião!

Imprimir
Voltar
Página Inicial

Autores Selvagens

Autor

» Silas Corrêa Leite

Começou a escrever aos 16 anos, no jornal "O Guarani", de Itararé, no Estado de São Paulo. Autor do hino ao Itarareense e relator da ONG Transparência nas Políticas Públicas. Crê no humanismo e critica o "Brasil S/A". Vê a arte como instrumento de libertação (Manuel Bandeira); seus textos apresentam-se como um testemunho das amarguras de seu tempo de lucros globalizados e injustos e riquezas impunes de um neoliberalismo insano de privatarias e o inumano neoescravismo da terceirização.

Colunas e textos Selvagens

© 2008 - 2021 - Editora e Livraria Letra Selvagem - Todos os Direitos Reservados.